República do Congo

Em 2013, o Governo congolês previu desembolsar, num período de três anos, cerca de 193 biliões de francos CFA (cerca de 390 milhões de dólares americanos) para a realização dum vasto projeto com vista a garantir o abastecimento de água potável das zonas rurais do país, onde a taxa de acesso continua fraca.

“O projecto tem em vista a realização, a prazo, de quatro mil poços de água em duas mil aldeias equitativamente repartidas em todo o território nacional” – ministro congolês da Administração Territorial.

A Captágua, foi convidada a participar neste projeto, o qual iniciou o seu trabalho no final do ano 2013.

Ao longo deste tempo, a Captágua tem aumentado as suas equipas em paralelo com a produção. Neste momento, comanda 15 máquinas de perfuração, tem mais de 30 colaboradores portugueses deslocados e tem cerca de 120 funcionários congoleses. Em média, executa 60 furos por mês, entre 100 a 200 metros de profundidade.

Além dos furos, instala bombas solares com tubo hidroroscado que bombeiam para os reservatórios de água.

Pedir Orçamento!